Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

Uma dura realidade, um futuro desanimador

Imagem
Ontem, fui assistir o Tropa de Elite 2. O filme é “fantástico de bom”, porém, desanimador. História bem amarrada, cheia de ação e com uma filmagem excelente, o filme desanima por mostrar de modo vívido a realidade da corrupção brasileira e suas consequências nas mais diversas áreas da sociedade.

Não há novidades, mas a representação da sociedade carioca, com claras referências à pessoas reais, como ao ex-governador Antony Garotinho e o apresentador Wagner Montes, dentre outros, transportam o expectador à sua própria realidade, mas sem o risco de ser afetado por ela. Bons atores e o velho drama do Nascimento, que ainda se vê afetado por sua escolha em ser um policial que luta, realmente, contra o crime, nos deixam de olhos grudados na telona, torcendo para que os f#@$%¨* dos corruptos se deem mal.

Contudo, o que mais me chamou a atenção no filme não foram as tomadas “iradas”, os diálogos carregados de realidade e as cenas cheias de ação e tiros – muitos tiros. Não, não, o mais impr…

http://cbn.globoradio.globo.com/Player/player.htm?audio=2010/colunas/lucia_100915&OAS_sitepage=cbn/comentarios/luciahippolito

vejam esse link acima. copiem e colem em seus navegadores. Acho muito interessante. Não tenho me manifestado muito quanto à política, até porque tem gente muito melhor do que eu comentando e dizendo o que penso. Mas, para deixar claro, votei na Marina e sou coerente, não vou votar em nenhum dos dois: NULO NA CABEÇA!!!

Mineiros e o preço da ganância

Imagem
Espero que você tenha acompanhado todo o trabalho para o resgate dos mineiros presos a 630m de profundidade no Chile. Trabalhadores de uma mineradora com dificuldades financeiras, eles estavam presos há mais de dois meses, recebendo apoio dos de fora, mas ao olhar para uma situação dessas, podemos nos questionar sobre o valor das coisas. Esses mineiros, como milhares de outros no mundo, são vítimas da ganância humana. Visando o lucro e esquecendo-se do que realmente importa, o homem se coloca em situações nas quais o preço é sua vida.

A eterna busca pelo ter é o grande problema. Vazio de um significado que vá além dessa vida, o ser humano busca algo que o complete. Nessa busca, seus olhos se voltam para a riqueza, posses e bens que lhes confiram significado. Não é difícil de se entender o porque de tantas pessoas definirem outras por sua posição social. Na falta de parâmetros éticos, fundamentados na fé em um Deus superior e fonte do conceito de certo e errado, os gananciosos definem …

Ateíston e sua busca por uma sociedade livre da idéia de Deus - a saga continua

Imagem
Ateíston, Duvidosa, Davi e Sapiens estavam às voltas na cidade grande. Frustrado em seu plano de criar uma sociedade livre da idéia de Deus, Ateíston se culpava por ter visto que nem mesmo ele havia conseguido evitar mencionar tal idéia “mirabolante” de um ser superior e existente noutra categoria de existência. Em sua volta, ele bem que tentou, mas não conseguiu alugar um apartamento longe de uma igreja, pois ele ainda tinha esperanças de evitar que seus filhos desenvolvessem ainda mais o raciocínio iniciado na ilha. Mas não houve meios, o grito de Nietzsche quanto à morte de Deus não ecoara e a sociedade era mais religiosa e mística que nunca.

Para piorar o desespero “atéico” de Ateíston, seus filhos só foram aceitos em uma escola particular, tradicionalmente protestante e sua esposa, Duvidosa, só conseguiu trabalho num hospital evangélico. O maior medo de Ateíston se tornou realidade, o teísmo tomou conta de sua família – de uma forma, ou de outra.

Não demorou muito para que seus…